Justiça da Suíça devolve ao Brasil R$ 82 milhões de contas ligadas a Maluf

Medicina Notícias


A secretária de cooperação internacional do MPF, Anamara Osório, classificou a decisão como “emblemática”. “Mostra a importância da cooperação jurídica para o efetivo combate à criminalidade econômica”, destacou.

Repatriação já havia sido autorizada pela Suprema Corte brasileira em 2014. No entanto, só agora a decisão foi confirmada pela Suíça.

O UOL tenta localizar a defesa de Paulo Maluf. Caso haja resposta, o texto será atualizado.

Entenda o caso

Paulo Maluf foi condenado no STF em maio de 2017 por lavagem de dinheiro. Os ministros condenaram o então deputado federal a 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão, com início da pena em regime fechado, e ao pagamento de multa.

Esquema de propina. Ele teria participado de esquema de cobrança de propinas na Prefeitura de São Paulo, em 1997 e 1998, que continuou a contar com seu envolvimento direto nos anos seguintes.





Fonte: Externa

BRAIP ads_banner